Magnésio – Pode Estar Faltando e Você Não Sabe!

Muitos Não sabem, mas a carência de magnésio é muito comum nos dias de hoje! 

magnésioO estilo de vida moderna, a pobreza nutricional dos nossos alimentos e as escolhas erradas que fazemos, muitas vezes por desinformação, tem levado a uma deficiência coletiva e o pior, “SILÊNCIOSA”, despercebida, desse importantíssimo mineral! 

O magnésio é um mineral essencial para o corpo humano, necessário para mais de 300 processos biológicos muito importantes, incluindo a produção de ATP e a contração muscular.

Dentre os elementos minerais do organismo humano, o magnésio é considerado o segundo em importância, logo depois do potássio.

O magnésio é um mineral essencial utilizado, principalmente, na síntese de proteínas e no transporte de energia, facilitando a transmissão dos impulsos nervosos e regularizando as contrações musculares.

O magnésio é um elemento químico de símbolo Mg de número atômico 12 com massa atómica 24 u. É um metal alcalino-terroso, pertencente ao grupo 2, sólido nas condições ambientais.

Para consumo, é encontrado em vários alimentos  principalmente sementes, como as sementes de abóbora ou as sementes de girassol, frutas secas como amêndoa e vegetais, como a acelga.

Muito consumido por pessoas ativas que desejam evitar cãibra muscular; manter um bom funcionamento dos músculos, nervos e densidade óssea; e aliviar contusões.

alimentos fontes de mabnésio

De acordo com pesquisadores, muitos países, incluindo os desenvolvidos, têm maior deficiência de magnésio hoje do que há 10 anos.

Esta deficiência, em parte, se deve ao aumento dos alimentos processados, particularmente dos carboidratos.

A deficiência também pode ser causada por outros fatores, como o excesso de álcool, cafeína, o consumo de açúcar, bem como pelo processo de envelhecimento inevitável.

A deficiência de magnésio pode causar uma série de complicações com sintomas, como cãibra, fadiga, síndrome pré-menstrual, irritabilidade, insônia, perda de memória, entre outros.

Praticantes de atividades físicas e esportistas necessitam de mais energia, ou ATP, e consomem as reservas de magnésio mais rapidamente.

Um maior consumo de magnésio nesses casos é muito útil, não apenas para evitar os sintomas negativos da deficiência, mas também para aproveitar todos os benefícios relacionados ao ganho de massa muscular e energia, entre os quais podemos citar:

  • Manutenção de ossos fortes e saudáveis, além da regulação da absorção e uso de minerais.
  • Cooperação junto com o cálcio na produção do ATP.
  • Ajuda no funcionamento muscular, contrações musculares e impulsos nervosos.

Outro benefício do consumo de magnésio é proteger contra cãibras, que é muito comum em pessoas ativas.

O magnésio age junto com o cálcio para manter os músculos funcionando bem – o cálcio estimula a contração e o magnésio relaxa, tanto os músculos esqueléticos como os lisos, em todas as partes do nosso corpo.

Para combater a cãibra, algumas pessoas precisam de magnésio e outras de cálcio.

Na maioria das vezes os 2 minerais são recomendados em conjunto já que são interligados.

As funções neuromusculares e o controle muscular requerem os seguintes minerais: magnésio, cálcio e potássio.

Uma deficiência deles pode causar tiques, tremedeira e cãibras.

O que a maioria das pessoas não sabe é que estamos constantemente esgotando o magnésio, especialmente sob estresse, treinamentos intensos ou hábitos alimentares inadequados.

Vídeo do Dr Luiz Moura – A Importância do Magnésio:

A carência desse mineral essencial para a nossa saúde é muito grave, pois altera o funcionamento do nosso organismo, podendo ocasionar um ou mais sintomas como por exemplo:

  • alterações do ritmo cardíaco (arritmias);
  • má circulação sanguínea;
  • hipertensão;
  • irritabilidade;
  • espasmo muscular;
  • flatulência (gases);
  • excesso de colesterol;
  • tiques faciais;
  • cálculos renais;
  • apatia;
  • convulsões;
  • hiperatividade;
  • crescimento deficiente;
  • cansaço;
  • enurese noturna (urinar na cama durante a noite).
  • Sendo as mais comuns: cãibras, o cansaço, ansiedade, depressão e insônia. 

A população em geral, tem uma alimentação muito pobre nesse nutriente, e por isso, em alguns casos é recomendado o uso de suplementos para suprir essa carência. 

Como por exemplo, quando a pessoa é praticante de atividade física. 

Entretanto, não se faz necessário quando se mantém um plano alimentar saudável e equilibrado, para evitar o excesso de magnésio no organismo. 

Pessoas que ingerem bebidas alcoólicas habitualmente, quem sofram de depressão, mulheres que fazem uso da pílula, quem toma medicamentos diuréticos e que sofrem de stress, insônia, também podem tomar suplemento. Pois costumo ter uma deficiência maior desse nutriente. 

É recomendada a ingestão de 320 a 420 mg de magnésio diariamente o que é facilmente alcançado e mantido com uma alimentação nutritiva. 

Porém, existem suplementos de magnésio que podem ser aconselhados pelo médico, ou nutricionista, e, geralmente, se encontram na forma de magnésio quelato e magnésio dimalato.

..Conheço uma forma simples mas, comprovadamente eficiente para se repor Magnésio e Cálcio em nosso organismo em favor da saúde e contra as doenças! 

A boa notícia é que podemos também contar com a tecnologia pra cuidarmos de nossa saúde, afinal estamos no século XXI não é mesmo?

Existe um MÉTODO NATURAL Inovador e mais eficiente que existe para reposição de magnésio e cálcio e que é pra todos com resultados surpreendentes e comprovados para Saúde…. se lhe interessar conhecer >>> CLIQUE AQUI <<< ou na imagem abaixo:

Magnésio e seus bemefícios

PS.: Se você ainda não faz parte de minha lista de contatos, insira seu melhor email em um dos formulários que estão em vários locais desse blog, inclusive abaixo desse artigo, ou CLIQUE AQUI e receba minhas atualizações, dicas e informações periodicamente, assim que forem postadas!

Sempre Preocupado Com a Sua Saúde e Bem Estar!

MEU ROSTO    minha assinatura azul1

Marco Adrião / Consultor de Saúde

PSS.: Gostaria de frizar que não sou UM PROFISSIONAL NA ÁREA DE SAÚDE, sou sim um estudioso do assunto e seguidor obstinado de vários especialistas renomados e reconhecidos. As informações contidas nesse artigo são de cunho informativo e com o objetivo de compartihar experiências e conteúdo que, apesar de escrever com minhas palavras, tem embazamento pois são provenientes de vídeos, livros e posts que vejo de profissionais.

PSSS.: Gostou? Deixe seu comentário, suas dúvidas, opinião, experiência no formulário abaixo para ajudar a enriquecer esse blog e levar a informação preciosa ao maior número de pessoas. ah!! Poderia também Clicar em “CURTIR” , “TWEETAR” e “COMPARTILAR”? e ajude a muitos, inclusive seus amigos e a quem ama. obrigado!

Gostou do Artigo? Então Compartilhe com os Amigos!

Olá, Aqui é Marco Adrião - Receba Minhas Dicas Periodicamente e Um PRESENTE!

Deixe uma resposta